Omegacast 36 Parte 2 – Leitura de E-mails e Extras

AAaeeewww Galera um pouco atrazado devido a milhares de correrias mas está no ar a segunda parte do Omegacast 36 – o ruim do brasileiro nesta parte atipica teremos a leitura de e-mails e comentarios do Omegacast 35 – Walking Dead e os extras desse episodio e descubram como um episodio pode desvirtuar totalmente e criar mais um grupo de ninjas as Baratas Mutantes  Funkeiras Adolecentes Ninja , curtam esse episodio maluco e até o proximo omegacast.

Contato:

Para mandar e-mail, com criticas, sugestões, ou carência afetiva pode mandar e-mail para omegacast@omegastation.com.br ou usar o formulário de CONTATO;

Links:

Pauta Livre Noise Com o Wesley pires

Super controle sobre FFType-0 com o wesley pires

Entrevista do Claudio O Dragão Dourado Parte 1 e Parte 2

Dimensão nerd Com o Trent e o Claudio o Dragão Dourado

Facebook: Trent , Dragão Dourado , Wesley , Omegacast , Pagina do Omegastation

Wikicast  e a pagina sobre o trent ( Bom Proveito)

Trailer do Walking Dead 2º temporada

Paranerdia

 

Reproduzir
  • o banner já ganhou nota 10.

    • Claudio, O Dragão Dourado

      concordo, quando o trent me mandou pra por no post eu ri sozinho 5 min

  • Andrew1c

    Baratas pagodeiras mutantes ninjas da favela , que vivem em seu esconderijo: galinha preta de macumba . Grupo composto a barata piriguete ; barata mano ; barata funkeira ; barata politica/palhaça é a barata macumbeira é seu mestre capivara. Sua historia provem de um acidente causado por show radioativo do E o tcham ( no qual estreavam seu novo hit ” Capoeira atomica” ). Seus inimigos são aquele tio veio de jantar que faz a piada do pave , as tias de escolas , emos , hipsters , playboys de academia é um branquelo chamado “Brüno”(Tambem conhecido como batman da roça).

    Dorgas a parte gostei bastante do cast . Acho que existe gente escrota em todo mundo mas no Brasil é concerteza um dos lugares onde se encontra mais é com + variedade de babaquisse , não generalizando mas com meus poucos 15 anos de vida ja encontrei uma boa parte dos mesmos.

  • Andrew1c

    *continuando que deu uns troços loucos aqui no comentario

    “Uma coisa que irrita e jeitinho brasileiro” concordo , principalmente quando isso é o modus operandi da pessoa , Malandragem em algumas situações é aceitavel , mas sempre quando a pessoa extrapola na dose ja vira um perigo.

    Alienação politica: admito que ja fui alienado e que em partes ainda sou (apesar que sempre que posso procuro me informar mais e mais).Considero isso uma das maiores merdas que alguem pode fazer , pois não so vai fuder com a pessoa com seu “voto de revolta ( revolta é o meu omegapau de omegaoculos 3d)” como vai fuder a pessoa que tem noção de quem esta fazendo algo certo.

    Sobre aspectos culturais em geral: Não vejo o problema em existir o funk proibidão/”axe proibidão em si, afinal tem gosto pra tudo nesse mundo. Acho que o problema realmente esta em como isso chega na
    população,principalmente crianças.

    Idolos babacas/putas and etc: Concordo com que mutias vezes os vilões realmente são mais atrativos que os herois(Darth Vader que o diga).Mas ai outra vez o brasileiro( br babaca) extrapo-la é coloca como patamar a se seguir , bbb que o diga , antes um progama que tinha ao menos(um pouco) de principio sociologico(vide 1º edições) virou “casa de exportação para gostosas da playboy”.

    Bom é isso que tenho pra comentar , concerteza esqueci algo que queria falar mas pelo menos sintetizei os mais importantes. Um omegaraço é flw

  • rafaeltaira

    quanto a periodicidade do omegacast eu não me importo por mim podem fazer com a periodicidade q quiser pq gosto mais assim com periodicidade indefinida,pois além da equipe que compõe esse cast o fato dele não ter periodicidade definida faz dele um destaque dos demais.

    quanto aos emails separados do omegacast acho q isso só deve ser feito em ocasiões ou casts que tenham repercutido com muitos emails e comentários ai sim vale apena confeccionar um cast só de leitura de emails,comentários e extras.

  • Tohno Shiki

    Bem agora só falta fazer um podcast sobre o “Bom do brasileiro”, porque mesmo com o “jeitinho brasileiro” existe vários atributos que diferenciam este país de vários outros e como as pessoas se viram em situações adversas é muito interessante.

    Com a apresentação de pessoas que fazem a diferença por essas terras e em outros países, exemplos de verdade que outras pessoas deviam seguir e também tentar dar uma visão mais otimista do potencial que esse país tem daqui para frente.

    Do mesmo jeito que este podcast foi gravado sem chapa branquismo e também sem viajar no otimismo de alguns especuladores e presidentes que mascaram coisas com dados positivos.

  • Trent

    anotado touro chique!