Matérias

Porque o podcast não deslanchou no Brasil ?

Aeewwww Galera, em comemoração ao Dia do podcast Hoje escrevi um texto em duas partes, a primeira está no Cupula Blogs do meu amigo Vinicius Schiavini que é um dos blogs vinculados a Kombo Podcasts onde falei parte da minha vivencia no mundo dos podcasts então confira lá A vida podcastal de um Dragão e comente conte a sua também

Nessa segunda parte gostaria de comentar uma pergunta que li e não concordo muito, Que foi “Porque o podcast não deslanchou no Brasil?”.

Hoje dia 21 de outubro de 2014 fazem apenas 10 anos que o podcast existe no Brasil, ou seja, ainda é uma mídia nova muito nova e diferente de qualquer outra mídia que surgiu no Brasil, ela surgiu com um fã que gostava dos podcasts gringos e resolvei fazer o seu, e ele inspirou mais alguns e esses mais alguns e foi crescendo até hoje termos hoje mais de 700 podcasts hoje centenas de milhares de ouvintes, e isso só com o famoso boca a boca, nenhuma empresa investiu seu tempo e recursos na mídia. Tanto que se conta nos dedos quem realmente vive de algo relacionados a podcasts. Mas isso porque a mídia podcast ainda está na fase de crescimento aqui, e ainda tem muuuuito a evoluir pra que realmente alcance alguma real notoriedade em outras mídias.

Muitos não dão uma chance pelo comodismo, pois não entenderem como isso teria algum real valor para entrar no seu habito, isso pessoas que estão envolvidas com tecnologias ou que seu habitual seria ou deveria ser dar chance a coisas novas, afinal tecnologia muda a cada segundo, mas preocupam-se em ficar nos seus círculos de conforto, tanto de entretenimento quanto de informação, e mesmo que se apresente ou force ela a ouvir um episódio, mesmo que ela goste, não é necessariamente que ela vai continuar ouvindo, até ela sentir uma real vontade de saber mais ou ouvir mais, e muitos com essa vontade procrastinam essa vontade durante muito tempo.

Sem contar que a mídia podcast é extremamente restrita, pois não são todos disponíveis a aceitar opinião dos outros ou são flexíveis para entender uma opinião contraria e muitas vezes extremamente opostas ao gostos populares da grande massa, o que não gera uma aceitação de um publico mais abrangente que é a grande massa da internet que não fazem parte do círculos de redes sociais de muitos podcasters e ouvintes de podcasts, embora alguns consigam pegar alguns ouvintes que ficam na margem do popular não são tantos quantos muitos gostariam de pensar.

Fora que não há nomes chamativos do grande publico sabendo ou dando importância a mídia podcasts a ponto de trazerem novos ouvintes, nada realmente expressivo, diferente dos americanos onde existem atores, diretores, autores e escritores fazendo ou participando de podcasts com certa regularidade, no Brasil quando alguma mídia fora digital deu realmente alguma importância ou simplimesnte citou varias vezes o podcast, tirando coisinhas pontuais e com significância relativamente baixa. Quais artistas ou escritores admitem publicamente que ouvem ou são fãs de podcast e chamam e convidam seu publico a ouvir também. E se ocorre é extremamente pontual. Sem qualquer apoio forte de outras mídias mais tradicionais, dificilmente o podcast vai dar um gigante BOOM ou vai deslanchar de vez.

Não que a mídia podcast não tenha o potencial ou competência para tal BOOMM, mas ela vai ser ignorada, deixada de lado, e inserida a conta gotas no publico ouvinte novo, o podcast ainda tem muita força pra ganhar, mas isso será feito de forma gradual e se renovando sempre, sendo sempre dinâmico , ou seja, mantendo o espírito do podcast, principalmente com esse tempero nacional que foi incutido nele que o deixa tão bom de ouvir.

Então quer que um dia esse BOOM ocorra divulgue, comente, ajude os podcasts a evoluir tanto em opinião, quanto em abrangência e quanto a publico, que com o tempo naturalmente vai se chamar a atenção e ai sim o podcast pode ter a sua chance de deslanchar.

Mais Sobre Matérias