Musicalmente Falando…

Musicalmente Falando – With Teeth

Olá pessoas, voltamos a falar de musica aqui no Omegastation, não é? Hoje para variar um pouco, falo do álbum de uma banda que conheci melhor recentemente, mas que o Trent é muito entusiasta. Afinal basta ver o apelido dele, pois falo do álbum With Teeth, do Nine Inch Nails, banda de Trent Reznor.

Segue a playlist, como de costume:

1. All the Love in the World

2. You Know What You Are

3. The Collector

4. The Hand That Feeds

5. Love Is Not Enough

6. Every Day Is Exactly the Same

7. With Teeth

8. Only

9. Getting Smaller

10. Sunspots

11. The Line Begins to Blur

12. Beside You in Time

13. Right Where It Belongs

Eu tinha uma certa curiosidade quanto ao NIN, tanto pelas citações freqüentes do Trent (do Omega) quanto por ter ouvido uma musica ou outra de maneira avulsa. E cheguei ao With Teeth graças ao trabalho do Trent Reznor e do Atticus Ross no filme “The Social Network” quanto pela participação do Dave Grohl em algumas faixas (eu estava cavando material com o Dave há tempos).

É bastante provável que o NIN seja o meu primeiro contato forte com o gênero Rock Industrial , e pesquisando rapidamente pelas wikis da vida vi que sintetizadores e guitarras bastante distorcidas são características fortes do genero. Porem na “All the  Love in the World” alem das batidas eletrônicas, a presença do piano na musica, principalmente na metade da musica deu um toque diferente nela. Inclusive o piano é instrumento presente no álbum, tanto nessa musica quanto em outras como a “Right Were it Belongs”, que o piano segue um ritmo constante e os sons eletrônicos que o acompanham que sofrem mudanças de tons. Pode ser meio depressiva para quem ouve de relance, mas é bela depois de ouvida algumas vezes.

Perfazendo-me um pouco, vejam como o destino prega peças na gente, não é? Quando ouvia bastantes rádios FMs locais, eu ouvi uma musica com um baixo muito interessante, acompanhada por uns tons diferentes e de um vocal peculiar, mas único. Depois de um tempão, descobri que a musica é do NIN e se chama “Only”, e eu considero uma das melhores do álbum. Vejam o clip dela abaixo e tirem suas conclusões:

Mesmo ouvindo inúmeras musicas de estilos diferentes, é inegável que eu curto uma pegada mais frenética, com instrumentos “urrando” nas mãos dos instrumentistas. E “You Know What you Are” é um pleno exemplo disso que foi dito, somada a distorções e ao vocal forte do Trent Reznor. Digam o que quiserem, mas o refrão é fodástico. E falando em refrão fodástico, o vocal de “The Hand that Feeds” merece palmas fortes, pois mesmo com tantos instrumentos e sons o vocal nunca fica em segundo plano. E enquanto escrevo isso, estava cantarolando “…when you bite that hand that feed!”, ou seja, alto potencial de vício.

Provável que, em virtude de gostos eu tenha suprimido alguma musica ou falado pouco de outras que vocês leitores gostem mais, logo eu atribuo isso ao meu pouco conhecimento do gênero. Por isso mesmo recomendo que, se puderem conversem um pouco com o Trent (do Omega), pois ele dará dicas mais embasadas de musicas do NIN, já que ele acompanha há mais tempo a banda. E fiquem por ultimo com o vídeo ao vivo da “Beside you in Time”, uma musica que eu gostei por conta das batidas constantes (a palavra “batida” está em alta, né?), e que foi até usada como vírgula sonora no Omegacast de Walking Dead. Escutem, reparem e comentem abaixo:

Fonte: Wikipedia

Mais Sobre Musicalmente Falando…