Tag Archives: cg

Animação – Técnica Tradicional e o computador

Olá pessoal! Como o universo da animação é cheio de caminhos, não seria possível destrinchar aqui toda uma técnica de animação (ainda mais levando-se em conta que hoje em dia as técnicas se mesclam e seria impossível falar de uma sem citar as demais. Então falarei aos poucos sobre isso, portanto hoje serei breve…

Vou falar um pouquinho sobre o que a técnica de “Animação Tradicional” e sobre sua integração ao computador. A “Animação tradicional” (conhecida lá fora também como “hand-draw animation”) originalmente consistia em desenhar e pintar à mão todos os frames e em seguida fotografá-los com uma câmera especial um a um, colocando-os em sequência num filme.

Nesse processo, cada movimento de câmera ou zoom da cena deveria ser realizado manualmente na câmera real. Não se esqueçam que na época das primeiras animações os filmes deveriam ser revelados antes de serem assistidos, então vocês podem imaginar o enorme trabalho que se tinha para animar os esboços de uma cena, fotografá-la em filme e mandar revelar para só então descobrir se o resultado estava ficando bom. Os desenhos eram feitos em camadas de acetato e pintados com tinta, depois eram colocados sobre um desenho com o cenário de fundo e fotografados sequencialmente.

Hoje em dia, o processo original se tornou obsoleto graças ao auxílio do computador. Os desenhos feitos à mão podem ser escaneados em sequência para a montagem no computador sobre o cenário de fundo, facilitando MUITO o trabalho do animador. Podem também ser pintados diretamente no computador, com auxílio de softwares que simulam técnicas de pintura manual (no caso de cenários mais elaborados a técnica de pintura manual ainda é muito utilizada dependendo dos estúdios, mas ainda assim com o auxilio do computador sempre presente) O encontro do computador com o mundo da animação trouxe novas possibilidades à essa técnica, principalmente com relação a ângulos de câmera e animações com grande número de elementos em cena. Muitas cenas que antes seriam impensáveis de serem animadas à mão se tornaram possíveis graças à integração ao computador.

Uma que provavelmente vocês se lembrarão é a sequência da debandada dos Gnus do Rei Leão. A animação é feita à mão, mas os “Gnus correndo” foram modelados no computador e foi aplicada neles a pintura feita à mão. Com isso, era possível trabalhar com esses personagens em um cenário 3D invisível que é sobreposto ao cenário original (futuramente vou explicar melhor como isso funciona). Isso permitiu que os animadores pudessem multiplicar os personagens pela tela, fazendo com que interagissem com o cenário de maneira convincente e mantendo o visual integrado à técnica tradicional. Aí está a cena original e o teste de animação feito durante a produção do filme: Cena da debandada do Rei Leão:

Teste de animação dos Gnus na cena:

(esse video é um dos Extras do DVD Rei Leão) Com a chegada do computador essa técnica de animação pode evoluir a um novo nível e não ficou esquecida no passado. A tendência é a “Animação Tradicional” mesclar-se cada vez mais com as técnicas de animação por computador.

Na próxima coluna sobre técnicas eu falarei Sobre outras situações em que esse tipo de integração ocorre. Espero que tenham gostado. Sintam-se à vontade pra comentar sobre o assunto. Semana que vem trago a vocês mais uma de minhas animações.

Aguardem!