Tag Archives: doramas

Nihon no Sekai – Doramas

Ola galera, finalmente voltando com o Nihon no Sekai.  Saudades? Quem sabe…

Nesta retomada vou explicar algumas coisas sobre Doramas.

Nihon No Sekai Dorama Koizora

Koi Zora

Primeiramente porque Dorama? Se alguém não percebeu é a tentativa de ser chamados de dramas na pronuncia japonesa. Ou seja, num resumo básico seria qualquer novela oriental. Mas o conceito real é bem mais amplificado já que existem Doramas de todos os gêneros, como dramas, comedias, policiais e chegando até mesmo a adaptações de animes.

Nihon no Sekai Dorama Tatta Hitotsu no koi

Tatta Hitotsu no Koi

Outra diferença básica é que os Doramas seguem mais ou menos a estrutura de exibição das séries americanas, com poucos atores e poucos episódios (no mínimo 6 e no máximo 13 episódios, sendo cada episodio semanal). E a estrutura de roteiro é bem diferente, sendo cada história única, sempre com uma única linha de trama. E quando é uma história dramática nem sempre ela tem um final feliz, com isso a emissora consegue colocar vários Doramas na semana , e por um tempo.

Mas como tudo no Japão sempre vai do mega phoda pro bizarro. Existem dramas extremamente bem construídos como Koi Zora ou Tatta Hitotsu no Koi, e comedias muito bizarras como Atashinchi no Danshi, onde é muita loucura ao melhor estilo “A Fantástica Fábrica de Chocolates”. Tem até Doramas otakus,  como o Densha Otoko.

Nihon no Sekai dorama Atashinchi no Danshi

Atashinchi no Danshi

nihon no sekai dorama sailor moon

sailor moon

Outra pecularierade dos Doramas é que os que são realmente de dramas, e se fazem bastante sucesso acabam virando filmes, resumindo a história em apenas 2h. Mas que são bem populares e geralmente com atores diferentes dos Doramas originas, porem o inverso também ocorre, quando fazem um filme de drama e fica bem popular ele também viram Dorama.

As adaptações de animes em muitos casos são considerados doramas quando não envolvem efeitos especias massivamente, como as adaptações de shoujos como de Honey and Clover entre outros, então normalmente o anime e Doramas são homônimos (com o mesmo nome). Mas animes como Sailor Moon e Cutie Honey são as adaptações consideradas tokusatsus, sendo assim tema pro um outro Nihon no Sekai.

Nihon no Sekai dorama Cutie Honey

Cutie Honey

Mas como isso é tópico japonês, não tenho acesso a isso no Brasil, não é? Errado, pois no Centenário da Imigração Japonesa no Brasil em 2007 foi exibido na Rede Bandeirantes o Dorama Haru e Natsu exibido no Japão em 2005 com parte dele gravado realmente aqui no Brasil. É mostrada a história de duas irmãs japonesas  que foram separadas  quando uma delas é obrigada a ficar no Japão devido a uma doença e crescem separadas, e devido a uma serie de desentendimentos não conseguem se comunicar. Uma curiosidade interessante é que aqui o Dorama recebeu o subtítulo “Haru e Natsu: As cartas que não chegaram”. E na sua exibição somente as partes narradas foram dubladas, o que ficou bem interessante e é uma história que deve ser conferida.

Nihon no Sekai Dorama Haru e Natsu

Haru e Natsu

Aqui no Brasil existe uma segunda classificação, para isso que são os J-drama, pois também existem produções do oriente que são classificados como C-Dorama para as produções chinesas e K-Dorama para as produções coreanas. Se bem que Dorama chinês não dá, pois Dorama é pronuncia japonesa e exatamente por isso especificaram.

Se você realmente quer entender mais da cultura e do comportamento do japonês seria uma boa experimentar assistir Doramas mais sérios e encontrar um grupo deles com o qual você se identifica, pois vale muito à pena.  Abraços a todos e nos vemos na próxima.

See You Next Time

See You Next Time

Referencias:

http://www.jpop.com.br/forum/read.php?id=56075

http://www.yellowblock.com.br/2009/12/15/mais-que-diabos-e-dorama/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dorama

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jdrama

http://j-doramas.blogspot.com/2009/06/beautiful-life.html

http://www.doramaniacs.com/index.php?pg=artigo&artid=8&artnome=o-drama-japones

http://madeinjapan.uol.com.br/2004/05/16/haru-e-natsu/