Resgate em Vendaxa – Parte I

Jali Tulang-sulA vegetação multicolorida chega a ser atordoante de se ver, bem como a forma das plantas desta floresta tropical é exótica e alienígena. Mesmo para alguém habituado a viajar pela galáxia, como a Mestre Jedi Jali Tulang-Sul, a sobrevivência nas selvas do planeta Vendaxa é desafiadora. Ao contrário do que se possa pensar de uma raça aquática como os Nautolan, Mestre Sul está perfeitamente adaptada a climas mais temperados; Seu ar rígido e fisionomia austera escondem a delicadeza e empatia pelas quais seus aliados a reconhecem. O ecossistema deste local é permeado pelo Lado Negro, presente na fauna e até mesmo na flora adjacentes, o que torna mais difícil sua investigação.

Um ruído é ouvido a poucos metros e, saltando com o auxílio da Força, a Nautolan se posiciona em um dos opulentos galhos de uma árvore, graciosa e sem emitir som algum. A metros seguros do solo, ela observa uma das criaturas nativas (e mais perigosas) do planeta passando pelo local que ocupara. Enorme em tamanho, com uma carapaça esverdeada, uma atitude agressiva e seis poderosas pinças: um Acklay.

Um grito de socorro quebra a rotina de sons da selva e a Jedi (bem como o Acklay) o ouvem. Pulando e correndo por galhos e copas das árvores, Mestre Sul vai à direção do grito. Prostrada no chão, em uma clareira na selva, uma humana chorando e segurando sua perna esquerda fraturada; A Nautolan não sabe precisar se é alívio ou desespero que a jovem demonstra ao ver a Jedi.

“Estou aqui para ajudá-la. Nada tema.”

“Isso foi o mesmo que o outro Jedi disse para entrar na nossa nave. Agora ele matou toda tripulação e me deixou como isca aqui.” Responde a humana, aos prantos.

“Então você estava na nave que caiu aqui.” Pergunta a Jedi já se agachando para tratar a fratura. “Qual era o nome deste suposto Jedi?”

O olhar aterrorizado da humana está fixo atrás de Mestre Sul e, tão naturalmente como respira, ela saca e ativa seu Sabre de Luz verde. O Acklay emite um guincho estridente e ataca.

Tentando dilacerar a Jedi com suas pinças dianteiras afiadas, a fera tenta encurralar suas vítimas, mas sua ferocidade não se compara à perícia com o Sabre de Luz que Mestre Sul possui e tem suas pinças separadas das articulações em um só golpe do sabre. No entanto, antes que a Nautolan finalize o Acklay, a Força lhe adverte sobre outro ataque iminente: um Sabre de Luz vermelha é arremessado em sua direção.Acklay_secr

Desviando acrobaticamente do golpe, o Sabre atacante atinge o Acklay em sua carapaça ventral, o matando.

“E-ele… está… a-aqui!” com voz trêmula, a humana gagueja.

“Quem?”

A pobre ex-tripulante que mal consegue formular uma resposta decente é subitamente arrastada por uma força irresistível para dentro da selva. A Jedi tenta agarrá-la mas outro Sabre de Luz (azul desta vez) a impede; Este segundo sabre não foi arremessado como o outro, é como se ele fosse empunhado por um lutador invisível: ele está sendo manipulado telecineticamente à distância. Não fossem seus reflexos aguçados, a Jedi teria um dos braços decepados.

Adotando uma das posturas do Makashi (A dificílima Forma II de luta com Sabres de Luz), Jali Tulang-Sul eficazmente resiste a todas as investidas do sabre de lâmina azul.

Uma risada profunda faz-se ouvir de um dos limites da clareira.

“Muito bem, Mestre Sul.” E mais dois Sabres de Luz (um de lâmina vermelha e outro de lâmina verde) são lançados na direção da Jedi.

A serenidade da Nautolan é inabalável e seus movimentos fluidos e precisos (comuns a todos os praticantes de Makashi) contém todos os ataques dos três sabres.

“Mostre-se!” exige a Mestre e percebe o som da ativação de mais um sabre (de lâmina prateada).

Desta vez está sendo empunhada por alguém: um Cerean de pele enrugada, olhos amarelados e trajes marrom-escuro. Ele com um sorriso sarcástico.

“Zhe-Drao.” Fala incrédula. “Mas você foi dado como morto!”

“Verdade.” Ele responde cinicamente. “Mas quem disse que a Força está apenas ao lado dos corajosos Jedi?”

Ele avança num salto impulsionado pela Força e engaja a Mestre Jedi.

A força bruta do Ataru (A violenta Forma IV de combates com Sabres de Luz) quase desequilibra o elegante Makashi da Mestre Sul.

Jedi contra o Lado Negro. Um sabre contra quatro. Makashi contra Ataru. Sozinha a Jedi não consegue manter suas defesas por muito tempo e, aproveitando uma oportunidade, Zhe utiliza a técnica Shiim, fazendo cortes nos tendões dos braços e pernas da Jedi Nautolan, a imobilizando com a dor. Ela, uma das mais experientes espadachins do Templo Jedi, foi derrotada e tem quatro Sabres de Luz apontando para pontos vitais.

Zhe-Drao, mestre em telecinesia, levanta a Jedi no ar e a aproxima de si.

“Creio que Mestre Windu a advertiu sobre meu mais temido poder, não?”

E ele toca no rosto da Jedi.

“AHHHHHH”

XXX

“AHHHHHH”

“Controle-se, Fehu! Desse jeito, você acabará acordando Mestre Draling!”

É noite no setor de Coruscant onde se encontra o Templo Jedi. No alojamento dos iniciados Jedi, vários deles são acordados pelo grito de Kel Fehu, uma jovem fêmea Zabrak recentemente perturbada por pesadelos.

“Desculpe, ok?”

“O que houve? Mais um dos seus sonhos?” pergunta o jovem Twi’lek amigo de Kel.

“Não, desta vez não me pareceu um sonho. Melhor eu procurar Mestre Yoda amanhã de manhã.”

Os dois voltam a dormir, apesar de Kel estar receosa em voltar a sonhar…

Continua…

Jedi_temple

  • kanaima29

    Obviamente, dedico este conto aos meus queridos Keyler e Thais. ^^
    Um grande abraço pro meu amigo trent que manipulou a imagem da Jali (isso tá ficando até repetitivo, ele acaba colorindo todas as imagens que eu posto hauahauhaahuhau)
    Abraços.

  • Keyler

    Hehehehehehe…

    Keyler

  • Zigga

    Sinto cheiro de retcon no ar… Eu não me lembro de você descrever a Mestra do Rama como sendo uma mulher.

    MAS EI, OLHA, O VILÃO CABEÇA DE OVO DO KEYLER É FODÃO MESMO, HEIN? Não é à toa que você falava tanto dele… Eu não sabia que existiam sabres de luz prateados… E porque ele é tão blenorrágicamente overpower? Como é que vão conseguir derrotar ele? Por que você só especificou a época em que esse conto se passa agora? AS PERGUNTAS NÃO ACABAM!

    Beijos e obrigada pela dedicatória.

  • Fábio Casanov

    Ufa ainda bem que não demorou pra começar outra história. Agora vou ser chato… Cadê as aventuras medievais? hehehehehehehe…

    E aproveitando pra desejar um feliz aniversário atrasado mas com a mesma intensidade! :-)Abração amigo e tudo de bom pra ti e toda felicidade deste e dos outros mundos que a gente conhece! 🙂

  • Porra meu, um inimigo cabra omi aparece no conto. Agora vai feder de vez!
    Falando em posições de luta, podia colocar depois imagens ilustrando elas, ou então uma matéria a parte mostrando as posições de luta mais comuns e outras incomuns.

  • Fábio Casanova

    Ufa ainda bem que não demorou pra começar outra história. Agora vou ser chato… Cadê as aventuras medievais? hehehehehehehe…

    E aproveitando pra desejar um feliz aniversário atrasado mas com a mesma intensidade! :-)Abração amigo e tudo de bom pra ti e toda felicidade deste e dos outros mundos que a gente conhece! 🙂

  • hauaahauahu @Thais: se eu falar tudo num só conto, acaba a graça da descoberta, né? ^^ ELa é mulher sim, sempre usei adjetivos femininos pra descrevê-la. ^^
    @Fábio: Brigado, amigo. Assim que eu acabar esse arco de SW, eu volto pra Medieval, ok?
    @Wes: Vou ir tentando mostras os estilos nos contos mas vamos ver, né? ^^
    Abs

  • @Thais: sim, sim, o vilão "cabra omi" vai ser foda mesmo, assim como a aprendiz do Rama. A idéia dos 4 Sabres foi minha, btw.. XD mas espera pra ver o que esse Cerean é capaz de fazer… hauahuah bjs

  • Keyler

    ehhehehhehehehe

    meu jedi-bicho-papão-cabrahomi-blenorragicamente overpower já era foda… com 4 sabres então…

    Keyler "se o modafcuker não matou…quem vai?" Cardoso

  • hauaahauahu @Thais: se eu falar tudo num só conto, acaba a graça da descoberta, né? ^^ ELa é mulher sim, sempre usei adjetivos femininos pra descrevê-la. ^^
    @Fábio: Brigado, amigo. Assim que eu acabar esse arco de SW, eu volto pra Medieval, ok?
    @Wes: Vou ir tentando mostras os estilos nos contos mas vamos ver, né? ^^
    Abs

  • @Thais: sim, sim, o vilão “cabra omi” vai ser foda mesmo, assim como a aprendiz do Rama. A idéia dos 4 Sabres foi minha, btw.. XD mas espera pra ver o que esse Cerean é capaz de fazer… hauahuah bjs

  • @Fabio
    Hah, fechou. Todo vilão ou herói foda será agraciado com o titulo de "Cabra Omi", hauahuahuahuahua

  • Mais curto que o normal…
    Com sinceridade, tá maneiro, mas não tá essas coisas…

  • kanaima29

    Opa, valeu pela sinceridade, Edu. Mas, cara, não sei o que fazer: se escrevo muito, ninguém posta; se escrevo pouco, não fica tão legal. ^^
    Acho que vou intercalar haauahauahau

  • Jonathan

    Antes de qualquer comentário, permita-me proferir algumas dezenas de palavrões…

    Caramba, amigo! Está conseguindo construir os momentos de tensão com cada vez mais maestria! E conseguiu explodir minha cabeça com um dos maiores red herrings que vi nos últimos meses, talvez anos. Não sei quanto aos outros leitores, mas fiquei tão imerso na cena que nem desconfiei que poderia ser um pesadelo e, além disso, um pesadelo de outra pessoa. Aliás… será que foi só um sonho, realmente? o_o

    Não ligo se os contos estão curtos ou longos, contanto que mantenham o padrão de qualidade que você alcançou. 😀

    Um grande abraço, amigo!

  • kanaima29

    @Jon: Brigado, meu querido amigo. ^^

  • kanaima29

    hauaahuaa será que é um red herring mesmo?